Tuesday, April 03, 2007

Sobre Amores e Futuros (perfeitos, imperfeitos, desfeitos e refeitos)

E cá estamos nós novamente depois de uma nova ausência. E vou admitir uma coisa a vocês, meus leitores (se é que ainda existem): esse indivíduo que vos escreve só visita esse lugar hora que tem alguma coisa a escrever. E na maioria das vezes, como já notaram, não é pra falar sobre coisas boas.
Antes que me perguntem, não, hoje não é uma exceção.
Faz quatro meses que estou em Sampa, e posso dizer que tem sido quatro meses de sangue, suor, lágrimas e risadas. Ou seja, voltei a ter uma vida saudável. Não tem sido em nada fácil, mas ao menos estou sentindo novamente vida nos meus pensamentos e ações. Chega de agir por inércia ou ato reflexo.
Entretanto, mesmo minha vinda para cá obedeceu a um plano. Não muito bem traçado nem bem planejado, mas não deixou de ser um plano. Também não foi executado com perfeição, teve falhas, mas posso dizer que a maior parte das coisas deu certo. E as que não deram certo de imediato, bem, essas eu tou tratando de consertar. Ao menos agora tenho tempo e disposição para tentar consertar essas coisas.
Pena que nem tudo depende do nosso esforço e boa vontade. Na verdade, quando depende de outras pessoas, tudo fica tremendamente mais complicado. E nem sempre dá certo. Foi o que aconteceu comigo. Apostei em um amor que achava que seria possível... e não foi.
Os motivos de não ter dado certo são muitos, é uma história longa (e bota longa nisso) e, sinceramente, não tenho a menor disposição de ficar falando sobre isso. Basta dizer que não deu certo e pronto, acabou.
Mas... dessa vez acabou DE VERDADE?!?!?
Perguntinha complicada de ser respondida. Toda vez que a respondi me dei mal, mas tudo indica que dessa vez é um sim, acabou de vez. E digo isso baseado no que sinto nesse exato momento: um misto de raiva (de mim mesmo e dela) com tristeza, inconformidade e confusão. Claro, isso tudo vai passar, basta dar tempo ao tempo... mas sei lá, sabe. Creio que essa história já deu tudo que deveria dar. E pelo jeito acabará como eu não imaginava que iria acabar... minto... vai acabar de um jeito PIOR do que eu imaginava. Bem pior.

* * *
E daqui em diante? Como vai ser? (é a famosa pergunta inevitável)
Não sei, de verdade. Até agora apostei todas minhas fichas nisso, e perdi. Ainda tou meio perdido pra dizer o que vai ser daqui em diante.
Sei que já pensei muita coisa (a grande maioria bobagem) sobre o que fazer daqui em diante. Uma delas é a de desencanar de namoro. Estou chegando nos 30 anos, tou ficando um velho charmoso, pelo jeito estou chamando a atenção das gurias... por que não aproveitar isso?
Outra que eu curti também: viver com amantes!! Assim não tenho compromisso com nenhuma guria! Apenas sexo ocasional e das formas mais variadas e doidas possíveis (mas sem homossexualismo, claro).
Também pensei na hipótese de procurar uma outra pessoa pra gostar. Só que essa é pra um futuro bem incerto. No momento voltei a estar fechado pra esse tipo de negócio. Por quanto tempo? Só Deus sabe.
Por fim... pensei em ficar sozinho! Ou melhor... em continuar sozinho. Não deixa de ser uma hipótese (e não é das que mais me agradam), mas teria tempo de dar um jeito em TUDO que está pendente em minha vida. Inclusive me daria tempo pra desencanar de vez do que aconteceu e olhar para a frente sem receio.
Agora, se acham que eu vou tomar essa decisão, estão bem enganados. Deixarei que o tempo faça isso por mim. Vou dar um descanso de mim mesmo, tou vendo que preciso reavaliar melhor minhas escolhas. Que o Destino se encarregue de cuidar dessa parte pra mim, e vamos ver no que dá.
Afinal de contas, pior do que tá não fica.

3 Comments:

Anonymous Marcela said...

ué... que história é essa do tempo decidir o que vai acontecer com o seu coração? eu sou a mulher da sua vida, esqueceu? eu já tenho total certeza, tudo bem que você "cheira mofo"... Mas quem são essas gurias aí que te acham charmoso, heim? você é só meu! eu sei que você colocou toda essa história de amores imperfeitos para despistar e não assumir que você é completamente louco por mim... Não precisa disfarçar, eu já sei! só falta você assumir (=

Beijão

vem logo pra Bauru me visitar
Não estou aguentando de saudade = P

10:27 AM  
Blogger Deby said...

o nome desse blog deveria ser "desatualizacoes offline".. nunca vi um bloguizinho mais jogado as traças do q esse...

11:36 AM  
Anonymous Daniela Santarém said...

E aew? blz? Nossa Ed, ta apaixonado hein.... haha.Isso é mto bom.... to feliz por vc.Eu li o texto q vc fez quando saiu do SETA... haha, vc tava possesso hein???? mas eu te entendo.. Estamos morrendo de saudades!!! Beijão
Dani

10:42 AM  

Post a Comment

<< Home